Nem sempre é fácil interpretar corretamente o resultado de um Teste de Fator de Capacitância. Requer experiência e conhecimento técnico do profissional responsável por tal operação. Do contrário, o teste poderá ser mal analisado, colocando o sistema elétrico em risco.

Sabemos que muitos profissionais têm dúvidas com relação a essa questão, dessa forma preparamos este conteúdo. Aqui, apresentamos informações que podem lhe ajudar a interpretar corretamente os Testes de Fator de Capacitância.

Portanto, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

Interpretação dos dados referentes a um Teste de Fator de Capacitância

Basicamente, em um Teste de Fator de Capacitância são considerados os limites de tolerância relacionados ao isolamento elétrico em equipamentos de alta tensão. Podemos citar como por exemplo:

– Disjuntores;
– Cabos;
– Máquinas rotativas;
– Transformadores;
– Buchas.

Os limites de tolerância apresentam valores diversos. Em geral, evidenciam três valores e, para que você os interprete corretamente, é preciso conhecê-los.

1. ?C < 5%
2. 5% < ?C 10%

Caso em um Teste de fator de Capacitância seja apresentado o valor ?C < 5%, então, significa que o limite de tolerância apresenta uma condição aceitável com relação ao isolamento elétrico em equipamentos de alta tensão. Essa condição, como se vê, está no limite dos 5%.

Todavia, caso apresente o valor 5% < ?C 10%, então, a situação é crítica. Nesses casos, você deve agir rapidamente para evitar maiores complicações.

Essas informações devem ser usadas como ponto de partida ou referência para que desenvolva uma avaliação assertiva e eficiente, no que diz respeito a um Teste de Fator de Capacitância.

É preciso considerar, entre os valores apresentados,  as condições físicas do equipamento de alta tensão. Por exemplo, caso o teste seja feito em uma bucha, é preciso verificar se não está envelhecida.

Isso pode alterar os resultados de tal teste e fazer com que você os interprete de maneira equivocada. É preciso, assim, analisar o contexto como um todo, de maneira a fazer com que faça uma interpretação correta dos dados.

Importância de realizar um teste correto em equipamentos de alta tensão

Ao realizar corretamente um Teste de Fator de Capacitância e interpretar de igual maneira os dados produzidos a partir dessa operação, você evita que um sistema de energia entre em colapso, pelo desequilíbrio entre a carga e a tensão elétrica. Dessa maneira, podemos dizer que esse teste contribui para garantir a proporcionalidade ideal entre essas duas grandezas.

Agora que você conhece o caminho para interpretar corretamente um Teste de Fator de Capacitância, que tal adotá-lo em seu dia a dia? Assim, você se torna um profissional mais competente e pode obter resultados excelentes.

Você gostou deste conteúdo e gostaria de ler outros? Em caso de resposta positiva, não deixe de acessar o blog do Instituto Instronic. Estamos sempre compartilhando artigos que podem enriquecer mais seus conhecimentos, bem como facilitar seu dia a dia.