Os aparelhos de ultrassom têm sido cada vez mais utilizados. Com uso bastante conhecido na medicina, o ultrassom tem sido muito usado em manutenções mecânicas e elétricas. Isso se dá, devido ao fato de poder detectar falhas em peças e fazer um ensaio não destrutivo.

Desde os primórdios, o som tem sido um importante fenômeno natural para a humanidade. Ele é basicamente uma variação de pressão no ar. Neste sentido, o som é uma vibração que se propaga por ondas mecânicas, ou seja, precisa de um meio para se propagar. Não é à toa que no espaço o som não se propaga.

Acontece que nem toda onda sonora é audível para os seres humanos e outros seres vivos. Por exemplo, no caso do ultrassom, trata-se de um som em alta frequência, superando 20 mil hertz. Frequências tão altas que não são compreensíveis aos ouvidos das pessoas.

Basicamente, um aparelho de ultrassom emite um pulso de energia magnética que parte do ar para outro meio. A partir do momento que essa onda alcança o objeto desejado, ela faz um eco. Este eco é o que aparelhos recebem e, posteriormente, é convertido em energia eletromagnética.

Para conseguir emitir esse pulso, os aparelhos possuem um cabeçote chamado de transdutor. Ele é formado por cristais, eletrodos e uma carcaça externa. Graças a ele, há o impulso ultrassônico que origina o eco. Sendo assim, é por isso que os aparelhos de ultrassom conseguem fazer representações com pixels no visor ao receberem o eco. Logo, quanto mais intensa a faixa sonora, que é medida em decibéis, mais branco e visível fica o pixel na tela.

Como funciona e quais os princípios da Inspeção Ultrassônica
DETECÇÃO DE FALHAS POR ULTRASSOM LINHA UP

Diferentes aplicações

Com a constante evolução do uso de ultrassom, hoje já é possível empregá-lo em diferentes áreas. Na medicina, por exemplo, há exames e cirurgias feitas a partir da emissão do pulso eletromagnético que parte para os tecidos humanos. Embora seja o uso mais conhecido pelas pessoas, a aplicação do conceito de ultrassom não se restringe à medicina.

Para ilustrar, basta apontar o caso das navegações. O sonar, aparelho utilizado nas embarcações, propaga o pulso eletromagnético do ar para a água e recebe o eco que permite o entendimento da atmosfera. Outro uso amplo do ultrassom está em testes e avaliações mecânicas. Com o uso do aparelho, é possível constatar falhas a serem reparadas em peças.

Como funciona e quais os princípios da Inspeção Ultrassônica
Aplicações:
Inspeção elétrica: problemas de baixa isolação – efeito corona, tracking, aco e descargas parciais em painéis, motores, transformadores e em subestações.
Inspeção mecânica: possibilita identificar problemas relacionados à lubrificação.
Vazamentos: de qualquer tipo de gás, vácuo e vapor.
Estanqueidade: em válvulas, soldas, tubulações, trocadores de calor e em tanques.

Testes e manutenção mecânica e elétrica

Baseando-se no conceito apresentado de como a onda de ultrassom é refletida em meios elásticos, esta também pode refletir falhas. No caso de a onda encontrar uma espécie de descontinuidade, é possível encontrar imperfeições em uma determinada peça.

O teste de ultrassom, que é utilizado em materiais, tem a vantagem de não ser destrutivo, tanto em materiais ferrosos, quanto não ferrosos. Assim como nos demais usos, o pulso parte do ar para a peça ou item que precisa ser avaliado.

Algumas descontinuidades acontecem, às vezes, no próprio processo de fabricação de peças ou por componentes. Logo, a detecção por intermédio do aparelho de ultrassom torna o processo mais rápido. Testes com Raio-X, por exemplo, exigem todo o processo de revelação da imagem.

Os equipamentos de ultrassom também conseguem detectar falhas de sistemas elétricos como linhas de transmissão, transformadores e switches. No caso, os aparelhos conseguem captar falhas de baixa e alta tensão.
A Instronic é pioneira no desenvolvimento de soluções completas para medição, monitoramento e manutenção nas áreas Elétrica, Mecânica e Telecomunicações. Nós trabalhamos com os modelos mais modernos de Ultrassom, além de ensinarmos a tecnologia, através de nossos cursos!

Para conhecer a nossa gama de cursos na área de Manutenção Preditiva, faça uma visita ao nosso site.