As instalações elétricas contam com diversos acessórios e equipamentos importantes. Seus objetivos visam garantir a estabilidade, confiabilidade e, principalmente, segurança para todos que os usam. Um destes equipamentos importantes, são os relés de proteção. Então, confira neste artigo, tudo que você precisa saber sobre estes equipamentos.

O que são os relés de proteção?

Os relés são aparelhos elétricos, que tem como objetivo promover mudanças súbitas nas redes elétricas, de modo que seu sistema de manobra entre em funcionamento, mas sem comprometer o circuito principal.

Para deixar mais claro, o objetivo deste aparelho é fazer com que outros aparelhos específicos funcionem, fazendo ou não, parte de um circuito. Para isso, o relé atua em dois pontos do circuito, na entrada e na saída.

circuito de entrada controla o dispositivo, ou seja, ele traz as informações que irá fazer com que o relé entre ou não em funcionamento. Assim, caso ocorra alguma mudança, o relé irá aplicá-la no circuito de saída.

Suas aplicações são inúmeras, podendo ser usado para disparar alarmes, trazer mais segurança na abertura de portas de elevadores, abrir disjuntores e inúmeros outros. Então, quando eles percebem uma alteração X na corrente, retornam uma ação Y automaticamente, para remediar a situação.

Quer conhecer mais sobre outros aparelhos de proteção, teste e manutenção elétrica? Então, acesse o nosso blog e saiba mais!

Quais são os tipos de relés?

Existem 3 tipos de relés principais, apesar de suas classificações podem ser em um número maior do que estes.

relé de proteção, é o que foi discutido acima. Ou seja, são relés mais modernos, de terceira geração, que conseguem medir tensão, corrente, temperatura, isolamento, sequência de fase e outras grandezas. Como dito acima, podem criar mudanças de estados para ligar ou desligar aparelhos, através do uso de campos eletromagnéticos.

Já o relé para controle de temperatura, é um modelo um pouco mais limitado, mas ainda extremamente útil. Como seu nome indica, medem a temperatura e são essenciais para evitar o superaquecimento, protegendo também contra a sobrecarga elétrica.

Existem ainda, os relés de tempo ajustado, que permitem associar uma função de acordo com um tempo determinado. São muito usados, por exemplo, para partidas de motores.

Além destes modelos, existem 3 outras subclasses de relés, de acordo com o ambiente em que eles estarão.

  • Abertos: Os relés abertos não precisam de nenhuma camada de proteção, já que se encontram em circuitos totalmente fechados, em que não existe expectativa de contato com substâncias que o sujem, como a poeira;
  • Fechados: Por outro lado, os relés fechados são cobertos por plástico, e são a maioria dos modelos, visto que normalmente existe a exposição aos elementos acima;
  • Selados: Já os selados, precisam de ainda mais proteção, pois são usados em ambientes em que existe o risco de explosão.

Por isso, os relés podem ser de diversos tipos e com inúmeras aplicações. Conhecê-los bem é importante, de modo a saber qual é o relé ideal para cada caso.

Se você quiser conhecer mais sobre os relés e sobre qualquer outro aparelho de proteção elétrica, acesse o nosso site. Continue por dentro do nosso conteúdo sobre manutenção, medição e equipamentos de segurança na área elétrica!

Relés de proteção: tudo o que você precisa saber - SISTEMA PORTÁTIL TRIFÁSICO PARA ENSAIO DE RÉLES
SISTEMA PORTÁTIL TRIFÁSICO – NOVA SVERKER 900 – LINHA SVERKER 30