Para garantir a qualidade de produtos ou equipamentos, é sempre necessário aplicar uma bateria de testes. O objetivo do teste é trazer mais segurança para quem os manuseia e maior eficiência para todo o sistema elétrico. Por isso, existem diversos modelos que podem ser empregados e, neste artigo, você vai conhecer um pouco mais sobre “Para que serve o Teste de Tensão Aplicada”, também conhecido como ensaio de HIPOT.

O que é o teste de Tensão Aplicada?

Este ensaio pode ser realizado nos mais diversos equipamentos, ferramentas e materiais elétricos, com o objetivo de verificar a qualidade e eficácia de suas isolações.

Para isso, é aplicada uma alta carga de tensão, de modo a medir se as isolações são capazes de suportar a carga que passa pelo aparelho. Em diversos setores da indústria esse teste é obrigatório, como no caso de condutores elétricos, transformadores, disjuntores, capacitores, entre outros.

Para que serve o Teste de Tensão Aplicada?

Como dito acima, o objetivo deste teste é determinar a capacidade de isolação elétrica em diversos materiais, equipamentos e ferramentas. Por isso, os materiais isolantes são testados.

Esses componentes são substâncias que permitem uma condução elétrica muito baixa, ou praticamente nula, como o óleo isolante, o papel, a borracha, a cerâmica e o próprio ar. Evidentemente, cada um deles tem as suas características e sua capacidade de isolamento, e deve ser escolhido de acordo com a necessidade do produto a ser testado.

Quando o material não suporta a carga que passa pelo equipamento, existe uma grande descarga elétrica, que pode ser prejudicial ao sistema em que ele se encontra, ou causar choques a quem o manuseia.

Então, é feito o teste de de Tensão Aplicada (HIPOT) para aplicar uma carga elétrica bem alta, muitas vezes mais alta do que o nominal do alvo do teste precisa suportar. Além disso, o teste irá medir a corrente, para garantir que não existe rompimento no isolamento e o vazamento da carga do aparelho.

Para que serve o Teste de Tensão Aplicada?
HT-120.05 CC

Quer saber mais sobre outros testes e manutenções na área elétrica? Então continue no nosso blog!

Como funciona o ensaio de Tensão Aplicada?

O teste funciona de maneira simples. É aplicada a tensão gerada pelo equipamento de teste no seu alvo, entre dois pontos separados pelo isolamento. Caso haja a passagem de carga de um para o outro, o resultado é a reprovação.

Por exemplo, em casos de aparelhos ou equipamentos eletrônicos que são manuseados por pessoas, o principal objetivo do isolamento é impedir que a carga vaze da parte energizada para a parte de manuseio. Portanto, o teste é feito com este objetivo em mente, de modo a prevenir os choques, que podem ser bem graves.

Por isso, o teste pode ser feito de duas formas: a destrutiva e a não-destrutiva. O modelo não destrutivo é o descrito acima. É aplicada a tensão de acordo com a expectativa de uso do aparelho para testar se o isolamento é capaz de suportá-la.

Já no modelo destrutivo, o teste ocorre no próprio material de isolamento. Neste caso, é aplicada uma tensão crescente, até que o mesmo seja destruído. O objetivo deste teste é encontrar o limite de cada material.

Para que serve o Teste de Tensao Aplicada?
HT-60.05 CC

ensaio de HIPOT) é importante para determinar a segurança e usabilidade de diversos equipamentos e ferramentas. Como por exemplo, os transformadores, disjuntores e capacitores. Se você quiser conhecer outras formas de teste, manutenção ou medição na área elétrica, continue no nosso blog e confira ainda mais conteúdo.

A Instronic possui equipamentos de alto desempenho para realizar ensaios de Tensão Aplicada. Para saber mais sobre nossos produtos e conhecer sobre o equipamento mostrado nesta matéria ligue (11) 3383-3700.