A análise termográfica é uma das técnicas de diagnóstico do maquinário industrial mais eficientes que há hoje no mercado. Feita através da detecção da radiação infravermelha, a análise termográfica pode ajudar a identificar e medir o calor dispensado pelo maquinário, bem como onde a temperatura está maior do que deveria, o que muitas vezes é sinal de que algo não vai bem no equipamento.
Por ser uma técnica não invasiva – ou seja, não é preciso abrir máquinas ou fazer qualquer procedimento que interfira na produção equipamento diagnosticado – a detecção de problemas acaba se tornando mais rápida e precisa. Além disso, o custo de manutenção de peças costuma ser muito mais baixo, já é possível saber exatamente onde está o problema.
Por isso, separamos alguns dos principais usos da análise termográfica na indústria e construção civil e onde ela se torna mais necessária.

Manutenção preditiva de maquinários

A análise termográfica é essencial para a manutenção preditiva de maquinários industriais e não é difícil entender o porquê. Focada em controlar as condições das peças e equipamentos da indústria para manter o alto rendimento operacional das máquinas, a manutenção preditiva trabalha com dados levantados cotidianamente, oferecendo assim uma estimativa de tempo no qual será necessário fazer possíveis reparos. A possibilidade de verificar exatamente o calor das máquinas torna a análise termográfica uma importante técnica no sentido de monitorar as condições dos equipamentos.

análise termográfica
No caso das indústrias, a análise termográfica permite a detecção de atritos envolvendo peças, sistemas que estejam superaquecidos ou isolamentos térmicos que não estejam funcionando da forma mais correta. Entre os casos mais comuns, está a falta de lubrificação e problemas com o alinhamento de eixos do equipamento.

Instalação elétrica

A partir da análise termográfica é possível encontrar pontos em que a temperatura não esteja nas condições de operação ideais. No caso das instalações elétricas, a técnica permite analisar a situação da mesma sem que haja a necessidade de abrir a parede para fazer essa verificação. Dessa forma, curtos-circuitos, conexões fixadas erroneamente e sobrecargas elétricas podem facilmente ser detectadas de forma simples, rápida e sem a necessidade de um custo extra de manutenção considerado desnecessário. Até mesmo a oxidação de componentes ou desgaste de peças pode ser apontada graças à análise termográfica.

Danos em construções

A análise termográfica também encontra sua utilidade em construções de residenciais ou comerciais. Ela é uma forma ágil e econômica de detecção de problemas estruturais em casas e edifícios.
Principalmente em construções antigas, cujos projetos originais não incluíam uma série de alterações que por ventura ocorreram com o tempo, como instalação de ar condicionado e mudanças nas fiações elétricas. Infiltrações ou deformidades na obra, como fissuras, podem ser facilmente detectadas a partir do uso da termografia.
Isso é possível graças a uma análise feita de forma qualitativa a partir de uma imagem capturada em infravermelho, que apresenta diferença de cores entre uma parede sem danos e outra com problemas. Dessa forma, também é possível visualizar possíveis vazamentos a partir de tubulações de água e esgoto, por exemplo.
Gostou das informações? Cadastre-se em nosso site e acompanhe: https://www.institutoinstronic.com/