As câmeras de rede tradicionais possuem limitações básica:

– Elas precisam de luz para operar;
– Alto investimento em infraestrutura de iluminação;
– Baixo contraste;
– Limitação da distância na captação de imagens;
– Sem controle de foco a distância.
Pelo menos até agora!
É claro, algumas câmeras de rede têm funcionalidades noite e dia que permitem que as câmeras operem em condições de pouca iluminação, mas não a escuridão total como as câmeras térmicas.
As câmeras térmicas de rede são o complemento perfeito para qualquer sistema de Vigilância sobre IP, podendo ser combinadas com equipamentos existentes sem qualquer descontinuidade.
Agora proteger uma área ou um perímetro em completa escuridão não é mais um problema !.
câmera de rede
As câmeras podem ser agora encontradas em vários tipos de negócios como, por exemplo, em indústrias, prevenção e manutenção, segurança pública e privada.
A tecnologia é também utilizada em serviços públicos como combate a incêndio, aplicação da lei e resgate.
Por fim ela já aparece em produtos para os consumidores, embora frequentemente de alto custo como em veículos de luxo.
Escuridão completa, neblina, fumaça, chuva, neve, até luzes brilhantes e muito fortes – uma câmera de rede térmica ainda poderá detectar pessoas e objetos.
As imagens, como são percebidas pelo olho humano, podem ser descritas como luz refletida por diferentes objetos. A ausência de luz significa nenhum reflexo e assim o olho humano fica “cego” sob tais circunstâncias. As imagens térmicas por outro lado, não dependem da luz visível. Ao invés disso, as imagens são criadas operando no espectro infravermelho.

Isto funciona perfeitamente bem na escuridão total já que o nível da luz ambiente não importa. O que torna isto possível é o fato de que todos os objetos – orgânicos ou inorgânicos – emitem uma certa quantidade de radiação infravermelha em função de sua temperatura.
Isto é efetivo para todos os objetos que têm uma temperatura acima do zero absoluto, isto é, 0 graus Kelvin (-273°C ou -459°F). O que significa que mesmo objetos muito frios como, por exemplo, o gelo ou um poste de aço externo no inverno, emitem radiação térmica.
Todos os objetos emitem radiação térmica que pode ser detectada com uma câmera térmica de rede. As imagens são geralmente produzidas em preto e branco, porém podem ser artificialmente coloridas para facilitar a distinção de diferentes sombras.
Com a geração de imagens térmicas se tornando relativamente mais barata e uma parte integrante dos sistemas de Vigilância IP, uma ampla gama de usos se torna possível e economicamente viável.
As câmeras térmicas podem ser um excelente complemento em diversas situações onde as câmeras convencionais são inadequadas ou insuficientes no que se refere a uma detecção eficaz.

Elas são, evidentemente, inigualáveis em uma situação de escuridão total. Elas também podem ser uma opção em áreas de iluminação difícil.
A luz artificial podem representar um enorme risco ao sistema de segurança, pois revela onde as câmeras estão instaladas, com isso permite que alguém pratique vandalismo.

Além disso, os holofotes podem obstruir bem como iluminar. Portanto, as câmeras que não precisam da luz podem ser a solução preferida em diversas situações diferentes de trânsito, quer seja em túneis de trens, em trajetos percorridos pelos aviões ou em ruas da cidade.
Além de tudo, as câmeras térmicas de rede complementam perfeitamente um sistema de vídeo em rede, assegurando que objetos, pessoas e incidentes sejam detectados durante 24 horas por dia, sete dias por semana.

Conheça as 6 principais Vantagens das Câmeras Térmicas
 
 
Conheça as 6 principais vantagens das Câmeras Térmicas